Quero me Aposentar 4ª Edição

Marca: Quero me Aposentar 4ª Edição


Por:
R$ 24,90

ou 2x com juros de R$ 12,82
 
Simulador de Frete
- Calcular frete


 

Livro Quero me Aposentar 4ª Edição 2014
Hilário Bocchi Junior| (Cód. do Produto: 8444)
ISBN: 978-85-7789-094-1
Páginas: 267
Edição: 4ª
Ano: 2014
Capa: Brochura 

O brasileiro está vivendo mais, porém 80% deles não sabem quando irão se aposentar, nem o valor da renda com a qual terão que viver no futuro. Você também viverá mais do que foi previsto quando a Previdência foi criada. Se não tomar cuidado, seu padrão de vida cairá. Preparamos este material para orientar o contribuinte sobre os benefícios que pode ter, bem como planejar o valor da sua renda futura. É alto o percentual (70%) das pessoas que só começam a pensar em aposentadoria quando estão perto dela. Isso é tarde. As pessoas perdem a oportunidade de aumentar suas contribuições e obter melhores benefícios, ou jogam seu dinheiro no lixo pagando contribuições que não serão revertidas em benefícios. Este livro esclarecerá quais são seus direitos – e como os conseguir. Ele foi feito para você. 

Seguridade Social
Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS)
Benefício de prestação continuada (BPC)
Requisitos
Renda familiar
Mais de um benefício por família
Fim do pagamento do benefício
Previdência Social
O que é previdência social?
Previdência pública
Previdência complementar
Acordos internacionais
A Previdência Social vai acabar?
A Previdência vai ter dinheiro para me pagar?
Beneficiários do INSS
Quem tem direitos no INSS?
Segurados obrigatórios
Empregado
Empregado doméstico
Trabalhador avulso
Contribuinte individual
Microempreendedor Individual (MEI)
Segurado especial
Aposentado que retorna ao trabalho
Servidor público
Segurado facultativo
Dona de casa
Dependentes
Cônjuge
Companheiro (inclusive do mesmo sexo)
Cônjuge ou companheiro do sexo masculino
Filho
Pais
Irmãos
Enteado
Menor tutelado
Contribuições e Carência
Aquisição da qualidade de segurado
O que é carência?
Contribuições em atraso não são aceitas para fins de carência
Como recolher contribuições em atraso para o INSS
Quanto pagar? 11% ou 20%?
Quais as vantagens e desvantagens de pagar 11%?
O segurado que pagou 11% pode complementar suas contribui­ções até 20%?
Aumento do valor da contribuição e do benefício
Em qual código as contribuições devem ser feitas?
Manutenção e perda da qualidade de segurado
Reaquisição da qualidade de segurado
Cálculo do Valor dos Benefícios
Como os benefícios são calculados?
Cálculo do valor dos benefícios com mais de uma atividade
Exemplo de não somatória dos salários de contribuição
Exemplo de somatória dos salários de contribuição
Exemplo de desnecessidade de somatória dos salários de contribuição
Fator previdenciário
Simulação do valor do benefício com contribuição máxima
Simulação do valor do benefício com contribuição de 2 salários-mínimos
Vale a pena retardar o requerimento da aposentadoria em razão do fator previdenciário?
Índices percentuais dos benefícios
Atualização do Valor dos Benefícios
Como os benefícios concedidos são reajustados?
Por que o reajuste da aposentadoria é diferente do salário-mínimo?
É possível corrigir essa defasagem na Justiça?
Acidente do Trabalho
Acidente do trabalho típico
Doença ocupacional
Doença profissional
Doença do trabalho
Acidentes do trabalho por equiparação
Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário (NTEP)
Causa concorrente
Comunicação do Acidente do Trabalho (CAT)
Quem tem direito à indenização
Quais são as vantagens da caracterização do acidente do trabalho?
Ação de regresso do INSS contra a empresa
Culpa da empresa
Segurança e higiene no trabalho
Defesa
Fator acidentário de prevenção (FAP)
Prestações Oferecidas Pelo INSS
Benefícios devidos aos segurados
Benefícios devidos aos dependentes
Benefícios devidos aos segurados e dependentes
Benefícios devidos para quem já é aposentado
Prova do Tempo de Serviço
Importância do tempo de serviço e do tempo de contribuição
Diferença entre tempo de serviço e tempo de contribuição
O tempo de serviço do trabalhador rural e do segurado especial
Como provar o tempo de serviço e de contribuição?
Tempo de serviço do empregado e do trabalhador avulso
Tempo de serviço do empregado doméstico
Tempo de contribuição do segurado facultativo
Tempo de serviço do segurado especial
Tempo de serviço e de contribuição do contribuinte individual
O processo para comprovar o tempo
Processo no INSS
Processo na Justiça
Início de prova
Aposentadoria por Tempo de Contribuição
Direito adquirido – legislação anterior
Aplicação da legislação atual
Aplicação da regra de transição
Pedágio (adicional de tempo de serviço)
Perda da qualidade de segurado
Continuidade do trabalho após a aposentadoria
Quais são os direitos trabalhistas de quem já se aposentou e foi demitido?
Renúncia ao benefício
Aposentadoria Especial
Quais são as atividades especiais?
Como comprovar a atividade especial?
Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP)
Quando converter o tempo de serviço especial em especial?
Quando converter o tempo de serviço especial em comum?
Como é feita a conversão do tempo de serviço?
Valor do benefício
Quem recebe aposentadoria especial pode continuar trabalhando?
Aposentadoria por Idade
Basta ter a idade para conseguir o benefício?
Como o benefício é calculado?
Por que há aposentadorias com valor igual ao salário-mínimo?
O fator previdenciário deve ser utilizado?
Benefícios da Pessoa com Deficiência
Aposentadoria por tempo de contribuição
Apuração do tempo de contribuição
Grau de deficiência preponderante
Conversão do tempo de serviço especial (insalubre, perigoso ou penoso)
Aposentadoria por idade
Perícia
Benefícios por Incapacidade
Classificação dos benefícios por incapacidade
Diferenças entre os benefícios previdenciários e acidentários
Auxílio-doença
Doença preexistente
Pedido de prorrogação (PP)
Pedido de reconsideração (PR)
Recurso do indeferimento
Perícia judicial
Aposentadoria por invalidez
Valor do benefício
Acréscimo de 25%
Como conseguir o acréscimo de 25%?
Início do pagamento do acréscimo
Fim do pagamento do acréscimo
Auxílio-acidente
Acumulação com outro benefício
Início e valor
O benefício é vitalício?
Auxílio-acidente de qualquer natureza
O valor, a data do início e as condições de concessão
Interpretação restritiva do INSS
Causas do fim do pagamento dos benefícios por incapacidade
Salário-Família
Quem tem direito
Quantidade de cotas
Qual o valor da cota?
Fim do benefício
Salário-Maternidade
Somente as mulheres podem receber?
Carência para receber o benefício
Quando requerer e qual a duração
Duração do benefício em caso de filho adotivo
Mãe que possui mais de um emprego
Estabilidade no emprego
Suspensão do benefício
Valor do benefício
Pensão por Morte
A quem é devido?
Início do benefício
Valor mensal da pensão por morte
Rateio em caso de existência de mais de um dependente
Extinção do benefício
O filho universitário
Novo casamento extingue a pensão por morte?
Acumulação de mais de uma pensão por morte
Casais separados ou divorciados
Auxílio-Reclusão
Quem tem direito?
Quem não tem direito?
Início do pagamento do benefício
O que é pena privativa de liberdade
Valor do benefício
Extinção do benefício
Suspensão do benefício
Reabilitação Profissional
A reabilitação profissional é obrigatória?
Como é desenvolvido o processo?
Equipamentos e obrigações do INSS
Reembolso de despesas
Certificado individual de reabilitação profissional
Garantia de empregabilidade
Serviço Social
Abono Anual
Acumulação de Benefícios
Opção pelo benefício mais vantajoso
O seguro-desemprego pode ser acumulado?
Acumulação com o trabalho remunerado
Revisão de Benefícios
Cuidado com promessas
Verifique grátis se seu benefício está correto
Revisões já apreciadas pelo Judiciário
Benefícios iniciados até 05.10.1988
Benefícios iniciados entre 17.06.1977 e 05.10.1988
Direito adquirido para aposentadoria entre 1981 e maio de 1989
Benefícios iniciados entre 05.10.1988 e 05.04.1991
Benefícios iniciados entre 05.10.1988 e 14.04.1994
Benefícios iniciados entre 05.10.1988 e 28.04.1995
Benefícios concedidos entre 05.10.1988 e 28.11.1999
Benefícios iniciados entre 01.03.1994 e 28.02.1997
Conversão do auxílio-doença em aposentadoria por invalidez
Auxílio-acidente como salário de contribuição
Equiparação ao salário-mínimo
Inclusão de atividade especial na aposentadoria
Inclusão de tempo de serviço na aposentadoria
O que é desaposentação?
Requisição de Pagamento
O que é precatório?
Requisição de Pequeno Valor (RPV)
Preferência no recebimento do precatório
Por que demora?
Pagamento dos créditos
O que pode ser feito quando o Estado não paga?
Previdência Complementar
O que é previdência privada?
Como funciona?
Como as entidades de previdência são constituídas, administra­das e reguladas?
Plano patrocinado pelo empregador
Plano instituído por entidade associativa
Garantias do participante da previdência complementar
Benefício Proporcional Diferido (BPD)
Portabilidade
Resgate
Autopatrocínio
É preciso ter previdência pública para contratar uma privada?
Quais são os benefícios da previdência privada?
Modalidades de benefícios
PGBL e VGBL
Fases do VGBL e do PGBL
Diferenças entre o VGBL e o PGBL
Tipos de benefícios
Tributação progressiva e regressiva
Benefícios do Servidor Público
Simulador de aposentadoria do Servidor Público?
Regras para aposentar de acordo com o ingresso no serviço público
Veja em qual regra você se encaixa
Regra 1: Aplicada para o servidor público que ingressou no serviço público até 16.12.1998, e completou até essa data os requisitos para concessão do benefício
Regra 2: Aplica-se ao servidor que ingressou no serviço público até 16.12.1998, e completou os requisitos para concessão do benefício pretendido após 16.12.98 e antes de 31.12.2003
Regra 3: Aplica-se ao servidor que ingressou no serviço público até 16.12.1998, e completou os requisitos para concessão do benefício pretendido após 31.12.2003
Regra 4: Aplica-se ao servidor que ingressou no serviço público após 16.12.1998, e completou os requisitos para concessão do benefício pretendido após 31.12.2003
Regra 5: Aplica-se ao servidor que ingressou no serviço público após 31.12.2003, em qualquer época
Regra 6: Aplica-se ao servidor que ingressou no serviço público após 01.02.2013
Aposentadoria especial do servidor público
Documento necessário
Idade mínima e fórmula de cálculo
Oportunidades e dificuldades
Índice Alfabético Remissivo

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características



Receba descontos especiais e ofertas exclusivas em seu e-mail